Renda Extra

17/05/2017

Sapato "33" Regra ou Exceção?

O mundo se julga cada vez mais "padronizado", 
mas será mesmo?

Não acho correto dizer que há um padrão para roupas e calçados. Dizer que os números ideais de calças giram em torno de 36 ou 40 e calçados à partir do número 34. Isso é excluir parte da sociedade.

Não somos iguais, portanto não há um padrão ou pelo menos não deveria existir.

Hoje em dia a maior dificuldade é encontrar sapatos da numeração 33. Me pergunto o porquê disso?
Sempre que preciso fazer tal compra já sei que levarei um bom tempo para encontrar. Entro nas lojas já perguntando se trabalham com essa numeração, claro que as respostas são as negativas: "Não, somente à partir do número 34".

Já fazem duas semanas que procuro uma sapatilha e não encontro. A frustração é ainda maior quando o vendedor nos oferece "Dakotinha ou Molequinha", ambas super infantis.

A informação que tenho dos vendedores é que o responsável pela loja investe em apenas um par "33" por modelo, pois a saída não é tão grande como os números padrões.
O que? Como assim? Qual seria o número padrão? Gente, porque não pedem mais quantidade? As empresas da marca não disponibilizam?

Nós mulheres não temos um padrão, muito menos somos regra ou exceção. Não existe isso. Quero ver as mulheres como pessoas normais e especiais, pois é assim que somos. Somos únicas, cada uma com seu jeito e seus desejos.

E sim, eu desejo calçar um Scarpin, uma sapatilha ou qualquer outro sapato que eu queira comprar. Não quero sair das lojas com aquele gosto amargo da frustração, tristeza e o pensamento de ser exceção nesse mundo em que vivo.

Ai Gi, que dramática você é. Não, não sou dramática, pois só quem passa por situações parecidas sabem o quanto nos chateamos em não conseguir o que precisamos ou queremos. 

Com isso, as lojas que saem perdendo, pois público para adquirir o produto existe sim. Usando sapatos pequenos ou grandes não somos nem regra e nem exceção, somos apenas únicas.

Fiz algumas pesquisas em sites e encontrei um específico para essa numeração. O porém é que o mesmo sapato disponibilizado no site está com o preço muito mais elevado do que o das lojas físicas.


#Desabafo

Nenhum comentário:

Postar um comentário