Renda Extra

23/01/2018

Tutorial de como passar hidratante na pele corretamente

Você sabia que existe um jeito certo para hidratar cada parte do nosso corpo? 
Saiba como realizar o processo e manter a sua pele sempre bonita

Assim como é extremamente importante hidratar o corpo com a ingestão de líquidos, a nossa pele também precisa de cuidados especiais quando o assunto é hidratação.

Ela é exposta diariamente a diversas temperaturas e ambientes, como por exemplo, ao calor nos dias quentes, ao ressecamento nos dias de frio, a luz dos ambientes fechados, entre tantos outros fatores que influenciam diretamente na sua aparência.

Atualmente, existem diversos produtos especializados para cuidar de cada tipo de pele que visam restaurar e prevenir os danos causados por fatores externos e que com o passar do tempo ficam mais evidentes.

Entretanto, mais do que utilizar o produto certo, é preciso aplicá-lo da maneira correta para potencializar o uso e garantir que os resultados esperados sejam alcançados e sua pele se mantenha sempre hidratada.

Muitas pessoas não sabem que existe um jeito certo de utilizar os hidratantes e que determinadas áreas precisam de mais dedicação por ser mais expostas do que as outras e com isso, acabam por abandonar o uso.

1. Comece pela região dos pés

A princípio, essa dica pode parecer estranha, mas o ideal é que a hidratação comece pela região dos pés e isso tem um porquê. A verdade é que desta forma, você inicia um momento de relaxamento, diminuindo a tensão do resto do corpo.

Você deve aplicar o creme e massagear em movimentos circulares, desde a sola do pé, onde se concentram os principais pontos de tensão, até a panturrilha. O ideal é que se faça isso sempre de baixo para cima.

Os joelhos necessitam de uma atenção extra, pois é uma das áreas mais ressecadas do nosso corpo, portanto, espalhe bem o hidratante nesta região.

2. Coxas e Barriga

Assim como nos pés, a hidratação deve ser feita de forma circular, sempre espalhando o produto em direção à virilha, ou seja, para cima. 

O procedimento deve ser realizado até a absorção total do hidratante, de maneira que não restem vestígios do produto na pele.

Na barriga, o ideal é que se massageie em sentido horário, sempre em volta do umbigo, utilizando um pouco mais de pressão nas laterais em direção à virilha.


3. Braços, Seios e Colo
 
Os braços são partes fundamentais onde se deve realizar a hidratação, principalmente no verão, onde são diariamente expostos aos raios solares. 

É necessário espalhar o produto tanto na parte inferior quanto na superior do braço, incluindo os cotovelos, que também possuem um aspecto mais áspero quando não está hidratado.

Os movimentos circulares também se repetem na região dos seios e do colo. Entretanto, o colo necessita de uma hidratação com cremes menos potentes, pois em geral, essa área costuma produzir mais oleosidade.

4. Costas e Bumbum

Assim como no colo, as costas também são uma área onde a pele é mais oleosa, portanto, os cremes utilizados devem ser mais suaves a fim de dar equilíbrio para pele.

Para a aplicação, vale a mesma dica, entretanto algumas pessoas não conseguem alcançar áreas como o meio das costas e os ombros, por exemplo, sendo assim será necessária a ajuda de uma segunda pessoa.

No bumbum, os movimentos podem ser mais intensos e a massagem deve ser feita com um pouco mais de força. Assim além de contribuir para hidratação da pele na região, você ainda previne a aparição de celulites e estrias.

5. Rosto

Uma das regiões mais sensíveis do nosso corpo e que necessita de uma atenção especial, o nosso rosto, é considerado o nosso cartão de visitas e, portanto, deve ser tratado com o máximo de cuidados.

Existe uma série de produtos específicos que são recomendados para hidratar essa região sem agredi-la ou causar manchas. O ideal é que você procure-os de acordo com o seu tipo de pele, pois eles irão ajudar a equilibrar a textura e aparência de sua pele.

A hidratação deve ser realizada de dentro para fora, massageando suavemente regiões que são mais propensas a desenvolver linhas de expressão.

Além disso, é preciso combinar os cremes hidratantes com o uso diário do protetor solar e de cremes antissinais, que ajudam a prevenir as tão temidas rugas e sinais do envelhecimento.

Vale lembrar, que uma boa hidratação deve ser realizada ao menos duas vezes ao dia e o recomendado é que seja sempre após o banho, assim você garante a melhor absorção dos produtos e um melhor resultado.


16/01/2018

Vantagens e desvantagens de colocar sua casa no Airbnb

Quais as vantagens e desvantagens de oferecer sua casa como estadia na hora de se pensar em negócio

Com a ida e vinda de turistas cada vez mais, está em alta a ideia de colocar seu imóvel, casa, apartamento ou até mesmo um quarto, disponível para alugar e assim, poder extrair uma renda extra.

Seja uma viagem de negócios ou uma viagem de lazer, a procura e oferta por esse tipo de serviço, disponível em sites como o Airbnb, cresceu e gerou uma rentabilidade nesta forma de aluguel

Porém, é preciso pensar nas melhores estratégias e medir todos os lados para ver se realmente compensa entrar nessa forma de negócio.

Ao realizar uma viagem, existem vários tipos de acomodações que uma pessoa pode encontrar, dependendo do capital financeiro que deseja investir no cômodo e dos interesses particulares ao realizar uma viagem. Hotéis e hostels, apesar de serem também opções confortáveis e seguras, muitas vezes custam mais caro e/ou não oferecem todo o sistema de comodidade que o viajante procura.

Por isso, a opção de ficar em um imóvel ou quarto de uma casa de outra pessoa surge como uma solução viável e econômica. Evitando gastos muitas vezes com alimentação (por dispor de cozinha e equipamentos) e também pela possibilidade de divisão de despesas, ao dividir os custos com amigos, por exemplo.

Para quem deseja entrar na parceria oferecendo o imóvel ou o cômodo, é preciso pensar em todas as variáveis do assunto. Qual será a duração máxima? Que acomodações oferecerei? Terá algum tipo de serviço que poderei fazer, e assim conseguir um adicional de renda? 
As perguntas são muitas, e ainda, existem opções de aluguel por datas específicas. Ou também em feriados e férias, época em que muitas pessoas necessitam desse tipo de atendimento.

Os sites de aluguel, seja para temporadas ou datas específicas, ajudam tanto o cliente quanto o locatário, estabelecendo uma mediação confiável entre as parcerias. 
Além de oferecer a possibilidade de fotos e informações sobre o imóvel, permite o contato e a interação entre eles. Isso ajuda também o locatário a obter dados de confiança sobre o turista.

O site permite ainda avaliações sobre o inquilino, como uma forma de controle e também segurança para quem vai alugar a casa. As medidas de segurança também recaem sobre as formas de pagamento e garantias dependendo da situação.

Porém, é preciso pensar também em possíveis desentendimentos ao oferecer serviços de hospedagem; procurar sempre manter informações limpas e precisas sobre as condições da estadia para evitar qualquer mal-entendido. Ter uma boa conversa com o futuro inquilino é fundamental para garantir que ambos procuram o mesmo tipo de serviço e as regras que vem com ele, já que isto é a base para o sucesso da hospedagem.

Além do ganho econômico do aluguel, quem disponibiliza a casa para esse tipo de hospedagem se vê diante de uma nova forma de contato, muitas vezes com pessoas de outros estados e até países. Essa troca de culturas e conhecimentos permite que se faça amizades e também interações de tradições, aprendendo a cada novo contato.


10/01/2018

Dicas Naturais para emagrecer

Hoje em dia existem diversas maneiras de se emagrecer, desde exercícios até as mais variadas dietas que se possa fazer, mas às vezes o mais simples pode ser o melhor não para perder peso, mas também para sua saúde e organismo.

Emagrecer de forma consciente, com base na alimentação correta que possa ajudar seu corpo e ser útil durante o dia, por isso, neste artigo mostramos os melhores alimentos naturais para se emagrecer, sem uso de remédios ou qualquer coisa que comprometa sua saúde.

1. Adicionar proteína à sua dieta

No que diz respeito à redução de peso, a proteína é a regra da alimentação. Seu corpo consome calorias enquanto processa e usa a proteína que você come então, uma rotina com alta proteína pode ajudar a digestão em até 80-100 calorias por dia.

Um regime de alto consumo de proteína também pode influenciar você a sentir-se mais saciado e diminuir sua fome. A verdade é dita, alguns estudos demonstram que os indivíduos comem mais de 400 calorias por dia em uma proteína com alto teor de proteínas, com menos calorias.

Apesar de algo tão direto como ter um pequeno-almoço rico em proteínas (como ovos) pode ter um impacto capaz.

2. Coma alimentos inteiros de ingrediente único

Um destaque, entre outras coisas, que você pode fazer para ficar visivelmente mais vantajoso é construir sua rotina de alimentação à luz de nutrientes inteiros e de fixação única.

Ao fazer isso, você tira a maior parte do açúcar.  A maioria dos alimentos inteiros tornam-se muito menos exigentes para manter dentro de limites de calorias sólidas.

Além disso, comer alimentos inteiros fornece ao seu corpo os inúmeros suplementos fundamentais que ele precisa para trabalhar legitimamente.

A redução de peso frequentemente é uma "sintoma" característica de comer alimentos inteiros.

3. Consuma Limões

Os limões são normalmente desintoxicantes e têm um impacto alcalinizante em seu corpo. Isso os torna um alimento perfeito para redução de peso.

Todos os dias depois de acordar, beba um copo de água com um aperto de limão. Para um sabor delicioso, esmague o suco de limão nítido em seu alimento antes de servir.

4. Frutos e legumes torrados

Aconselhamos a tentar uma grande variedade de vegetais crocantes. Coma continuamente seus verdes. 90% das principais indicações são os espinafres, a salsa, as folhas verdes de manjericão, os brócolis, o aipo, o pepino e o acelga.


Fontes:
tuasaude.com
http://www.minhavida.com.br/

05/01/2018

Conheça mais sobre o pedagogo hospitalar

A vida é sempre muito imprevisível, coisas boas e ruins podem acontecer a qualquer momento e nos pegar de surpresa. Pensando nisso pedagogos se aperfeiçoaram em ensinar no ambiente hospitalar, esta nova modalidade de aprendizado já tem ajudado muitas crianças e adolescentes acometidos de enfermidades a se desenvolver e buscar conhecimento mesmo em condições adversas de saúde, dentro de hospitais e clinicas.


Além do pedagogo hospitalar ajudar nas atividades pedagógicas, o auxilio acontece consequentemente para a família do paciente.  O amparo deste profissional através da educação  de jovens e crianças, faz com que elas não percam o ano letivo enquanto a internação acontece , oferecendo de uma forma diferente o ambiente escolar, segundo especialistas isso melhora a saúde emocional, mental e física para quem é acompanhado pelo pedagogo hospitalar.


Os desafios de ensinar em um ambiente não-escolar

Esta prática pedagógica é comprovada como um instrumento de socialização, e dá a segurança necessária para o aluno enfermo concluir seus estudos, superando as frustrações causadas pela doença e até mesmo ajudando no processo de recuperação do indivíduo. Cabe também o hospital disponibilizar um ambiente propício para este tipo de método. A tarefa do Pedagogo Hospital é árdua, porém, gratificante, pois irá garantir ao seu aluno o direito constitucional a educação.

A humanização no ensino é fundamental neste momento, o elo entre aluno e professor fica mais evidente, por isso, é essencial a sensibilidade neste atendimento do profissional em educação, possibilitando instantes de descontração, amenidade, interatividade e aquisição de novos conhecimentos. Muitos desafios são enfrentados pelo profissional, já que o ensino deve ser personalizado respeitando as características de internação do estudante.

O preenchimento do tempo ocioso de forma saudável, através de atividades variadas, fazendo com que se desprendem temporariamente, do momento difícil que estão atravessando.

De acordo com especialistas em educação, é fundamental que o professor na classe hospitalar mantenha contato com o professor de origem do ensino regular, para que não haja uma cisão no elo entre os dois. É importante do mesmo modo manter informado o grau de instrução que o aluno no hospital recebe.

A continuidade do cronograma curricular da escola, bem como, para manter o professor do ensino regular informado sobre todo trabalho realizado no hospital, inclusive se houve ou não desenvolvimento por parte do aluno.

Se você se interessou nesta profissão, procure um curso de graduação em Pedagogia, pois a grade curricular abrange este tipo de trabalho.