Renda Extra

08/10/2021

Moda Mix - tendências de colares 2022

 


O mix ainda estará com tudo no ano que vem. Isso porque a versatilidade e o propósito dessa ideia permite que a criatividade role solta, e é claro que disso ninguém abre mão.

A forma de usar vários colares, pulseiras ou anéis transmite uma personalidade única.

Com foco nos colares, 2022 será o palco para os que tem pendentes, principalmente os acompanhados em mix. Nesse caso o minimalismo vai passar longe. A aposta será a combinação de diversos tamanhos, cores e estilos. 

Inspire-se nas composições e monte o seu look de acordo com a seu perfil, transmita o seu visual, seja ousada sem culpa.







Quer mais dicas de moda? 

Confira em "Colares em camadas – Dicas da Vogue", todos os detalhes dessa tendência que veio pra ficar.




17/09/2021

Quem fez cirurgia de hérnia pode fazer abdominal?

 


A hérnia abdominal é um problema caracterizado por uma protuberância de algum órgão da barriga para fora do corpo. O problema pode surgir em qualquer lugar da região, sendo que as mais frequentes costumam surgir na virilha e umbigo. Os principais tipos de hérnia na barriga são classificados entre:

  • Hérnia inguinal: uma das mais comuns, ocorre na virilha e na maioria dos casos em homens;
  • Hérnia umbilical: ocorre na região da cicatriz umbilical;
  • Hérnia incisional: acomete pessoas que já fizeram algum tipo de cirurgia, e pode surgir a partir desta incisão cirúrgica;
  • Hérnia epigástrica: surge na linha média do abdômen, na região acima do umbigo.

Geralmente, a hérnia abdominal não causa nenhum sintoma, contudo quando eles são destacados podem provocar dor, inchaço e vermelhidão na região onde está localizada a alteração.

Para o seu tratamento, o mais indicado é que seja feita uma cirurgia para recolocar aquela parte do órgão em seu local de origem, fechando os músculos abdominais por onde o órgão extravasou. O procedimento, que pode durar cerca de 1 hora, é bem simples e não necessita de anestesia geral.

Recuperação: quais os principais cuidados após a cirurgia de hérnia?

O pós-operatório da cirurgia de hérnia abdominal é bem rápido, embora possa variar de acordo com a complexidade dos procedimentos. O paciente geralmente não demora mais de duas a três semanas para retornar às suas atividades cotidianas.

No geral, os principais cuidados que precisam ser tomados e adotados pelos pacientes são:

  • Uso de medicamentos analgésicos ou anti-inflamatórios, de acordo com o recomendado e prescrito pelo médico;
  • Repouso na primeira semana após a cirurgia;
  • Não carregar peso;
  • Ingerir alimentos ricos em fibras, para evitar que fique com prisão de ventre;
  • Beber bastante água;
  • Higienizar o curativo com bastante cuidado;
  • Evitar roupas apertadas ou que causem algum tipo de atrito com a região operada.

Como é a rotina de exercícios físicos
após cirurgia de hérnia?

É recomendado que, após a realização da cirurgia de hérnia abdominal, o paciente não realize atividades físicas intensas — principalmente exercícios abdominais e que alonguem ou puxem os músculos abdominais. Este cuidado é necessário por, pelo menos, as duas primeiras semanas após a intervenção.

Os médicos ainda informam que atividades consideradas intensas relacionadas ao trabalho do paciente devem evitadas pelo mesmo período de 2 semanas. Em ambos os casos, o retorno do paciente às atividades deve sempre feito após a autorização médica.

Recomenda-se também que o paciente não tenha relações sexuais nas duas ou três primeiras semanas. O ideal é continuar movimentando o corpo para evitar trombose, mantendo treinos leves de resistência, e voltando à rotina normal após quatro semanas. Contudo, o principal é sempre contar com a ajuda do médico para que ele possa passar as orientações mais adequadas, de modo a evitar complicações e recidivas.

O pós-cirúrgico da hérnia abdominal demanda cuidados especiais e planejados especialmente para cada caso, afinal o corpo precisa estar ativo na medida certa e mais adequada para que o paciente obtenha uma recuperação tranquila e segura.





15/09/2021

Catfish: descubra o que é e como evitar

 

A internet modificou para sempre a vida e a história da humanidade. Até mesmo o modo de conhecer o contatinho mudou, não é mesmo? Muitos relacionamentos nascem via aplicativos e não mais nos flertes de bailes. Infelizmente, isso também criou uma categoria de crimes e golpes aplicados através das telas onde fica mais complicado identificar o sujeito por trás da ação. Um dos golpes de internet muito comum é o Catfish. Aqui iremos explicar o que é e como evitá-lo.


O que é Catfish?


Catfish é um termo em inglês para pessoas que, fingindo ser quem não são, enganam e ameaçam outras pessoas. Quem não conhece alguém que trocava mensagens via internet com uma pessoa e no encontro virtual se depara com alguém fisicamente diferente?

Este golpe, na maioria das vezes, é iniciado com um envolvimento amoroso e resulta em golpe financeiro. E, embora não seja uma prática nova no mundo, cerca de 1 a cada 5 brasileiros, segundo o site Psafe já foram vítimas deste tipo de golpe.

Ao contrário do que se pensa, os crimes praticados na internet, como o catfish, são mais fáceis de solucionar do que os comuns. Isto porque a internet sempre deixa rastros e se você souber identificar antes de cair no golpe, fica mais fácil ainda fazer a denúncia.


Quais os golpes comuns de um catfish?


Se você está em um aplicativo de relacionamento, fique atento porque você nunca sabe, realmente, quem está por trás das mensagens trocadas. Por mais que o papo esteja bom e vocês tenham várias coisas em comum, siga essas dicas:

  • Não partilhe informações pessoais: estelionato e extorsão são os crimes preferidos no catfish;
  • Não marque o primeiro encontro na sua casa ou na casa do crush: roubo e violência física também são práticas comuns de catfish;
  • Não mande nudes: catfish pode arquivar suas fotos e vídeos para posterior divulgação.

O golpe está aí, você quer cair?


Além de se prevenir de possíveis golpes, seguindo as dicas acima, fique atento aos seguintes comportamentos do crush para se certificar que ele não é ou não um catfish:

  • O crush evita mensagens de voz;
  • O crush evita chamadas de vídeos.

Isto porque fica mais difícil o reconhecimento de voz e face. Se você nota um medo e rejeição quando convida a pessoa para uma videoconferência, desconfie porque ela pode estar tentando esconder algo ou se manter em anonimato, para facilitar sua ação de catfish.

É preciso, portanto, pensar racionalmente mesmo quando a emoção de ter um contatinho domina nossas conversas na internet. Todos estão sujeitos a serem vítimas de um catfish e por isso trouxemos essas dicas para que você evite ser mais uma vítima.

Outra forma de se prevenir do catfish é sempre investigar. Cheque informações no Google e nas redes sociais e, mesmo se você ainda estiver em dúvida, a melhor solução é pensar em um profissional qualificado para a investigação. Para isso você pode contar com o serviço de um detetive particular, como a detetive Daniele que pode, com segurança e recursos tecnológicos, te dizer se seu crush é fake!