Renda Extra

27/02/2024

5 dicas essenciais de segurança para deixar sua empresa mais protegida

 


Estratégias eficazes para um ambiente corporativo seguro


Em um mundo cada vez mais digitalizado, a segurança das informações se tornou uma questão primordial para empresas de todos os tamanhos e segmentos. A crescente sofisticação dos ataques cibernéticos, juntamente com a evolução constante da tecnologia, exige que as organizações adotem medidas robustas de segurança para proteger seus ativos digitais e físicos. 

Este artigo propõe-se a explorar cinco estratégias essenciais que podem fortalecer significativamente a segurança de sua empresa, mitigando riscos e garantindo a integridade e a disponibilidade dos dados críticos.

5 dicas de segurança para sua empresa

Em um cenário empresarial cada vez mais conectado e digital, a segurança tornou-se uma questão primordial para a sobrevivência e o crescimento sustentável das organizações. Com ameaças cibernéticas evoluindo em complexidade e frequência, nunca foi tão crucial adotar medidas robustas para proteger os ativos mais valiosos da empresa: seus dados e sua reputação.

 Diante deste contexto, preparamos um guia com 5 dicas fundamentais de segurança, projetadas para blindar sua empresa contra os riscos iminentes do mundo digital. As estratégias a seguir são essenciais para qualquer organização que aspire a criar um ambiente seguro, resiliente e confiável para seus colaboradores, clientes e parceiros. 

Continue lendo para descobrir as práticas recomendadas que irão fortalecer a postura de segurança de sua empresa.

1. Implementação de uma política de segurança cibernética forte

O estabelecimento de uma política de segurança cibernética forte é o alicerce para a proteção empresarial. Esta política deve ser abrangente, cobrindo todos os aspectos relacionados à segurança da informação, desde o gerenciamento de acessos até a resposta a incidentes. 

É essencial que ela seja customizada para as necessidades e riscos específicos da empresa, assegurando que as diretrizes sejam claras, aplicáveis e, acima de tudo, eficazes.

A política deve incluir diretrizes sobre o uso aceitável dos recursos de TI, a gestão de dispositivos móveis, o controle de acesso a redes e sistemas, e a proteção de dados sensíveis. Além disso, deve estabelecer responsabilidades claras tanto para a equipe de TI quanto para os usuários finais, criando um ambiente onde a segurança é responsabilidade compartilhada.

2. Capacitação contínua dos colaboradores

Os colaboradores desempenham um papel central na segurança da empresa. Afinal, são eles que interagem diariamente com os sistemas e dados, tornando-se um ponto crítico tanto de vulnerabilidade quanto de defesa. 

Portanto, a capacitação contínua dos colaboradores em práticas de segurança é fundamental. Esse treinamento deve abordar os princípios básicos da segurança da informação, como a identificação de tentativas de phishing, a importância de senhas fortes e as práticas recomendadas para a navegação segura na internet.

Os programas de conscientização devem ser regulares e adaptados às ameaças atuais, garantindo que a equipe esteja sempre atualizada sobre as novas táticas utilizadas por cibercriminosos. Além disso, simulações de ataques podem ser uma ferramenta valiosa para testar e reforçar o conhecimento dos colaboradores em situações práticas.



3. Adoção de soluções de segurança multicamadas

A segurança eficaz exige uma abordagem multicamadas, onde diversas soluções de segurança trabalham em conjunto para proteger contra uma ampla gama de ameaças. Isso pode incluir firewalls para filtrar o tráfego de rede, soluções antivírus para detectar e remover malware, sistemas de prevenção de intrusões para monitorar atividades suspeitas e criptografia para proteger dados sensíveis em trânsito e em repouso.

Além dessas ferramentas, é importante considerar a segurança física dos ativos da empresa, como servidores e dispositivos de armazenamento. Acesso controlado a áreas críticas, monitoramento por câmeras de segurança e alarmes são apenas algumas das medidas que podem complementar a segurança digital.

4. Gerenciamento de acesso e identidade

O controle rigoroso sobre quem tem acesso a quais informações e sistemas é um pilar da segurança empresarial. O gerenciamento de acesso e identidade (IAM) permite que as empresas implementem políticas de acesso baseadas no princípio do menor privilégio, garantindo que os colaboradores tenham apenas o acesso necessário para realizar suas tarefas.

A autenticação multifatorial (MFA) deve ser uma prática padrão, especialmente para acessar informações críticas ou sistemas de gestão. A MFA adiciona uma camada extra de segurança, exigindo que os usuários forneçam dois ou mais fatores de verificação antes de conceder acesso, o que reduz significativamente o risco de acessos não autorizados.

5. Monitoramento e resposta a incidentes

O monitoramento contínuo dos sistemas e redes é crucial para identificar rapidamente qualquer atividade suspeita ou anormal. Ferramentas de detecção de intrusão, juntamente com o gerenciamento de eventos e informações de segurança (SIEM), podem fornecer visibilidade em tempo real e facilitar a detecção precoce de ameaças.

Além do monitoramento, é essencial ter um plano de resposta a incidentes bem estruturado, que defina claramente as etapas a serem seguidas em caso de uma violação de segurança. Este plano deve incluir procedimentos de comunicação interna e externa, estratégias para a contenção de danos e processos para a recuperação de sistemas afetados.

Implementar estas estratégias não apenas fortalece a segurança da empresa como um todo, mas também promove uma cultura organizacional que valoriza e protege as informações. Ao final, a segurança da informação é um processo contínuo, que deve evoluir constantemente para enfrentar novas ameaças e desafios. 

E, para empresas que buscam estar na vanguarda da segurança, a integração de tecnologias avançadas, como o controle de acesso facial, oferece um nível adicional de proteção, combinando a conveniência com a segurança de ponta, assegurando que apenas indivíduos autorizados possam acessar áreas e sistemas restritos.














23/02/2024

Pensando em mudar seu cabelo escuro? Saiba como cuidar dos fios

 


Para manter fios saudáveis,
a descoloração deve ser acompanhada de cuidados antes e depois do procedimento

Muitas mulheres com cabelos escuros desejam mudar a aparência adotando madeixas produzidas em tons de dourado e platinado ou mesmo com luzes, mechas californianas ou balaiagem.

Independente do objetivo, o caminho é o mesmo, a descoloração capilar. Mas para que os cabelos fiquem com uma aparência saudável e bonita após o procedimento é essencial investir em alguns cuidados antes e depois.

A seguir saiba como funciona a descoloração dos cabelos e quais cuidados devem fazer parte da rotina de quem almeja clarear os fios.

Como funciona a descoloração capilar?

A descoloração capilar ocorre a partir da associação do pó descolorante com a água oxigenada ou amônia.

Nesse procedimento, o oxigênio tem a função de abrir a fibra capilar, enquanto o pó-descolorante age retirando os pigmentos de cor, sendo possível usar outras substâncias durante o clareamento.

As substâncias químicas presentes no descolorante em conjunto com o oxidante abrem as escamas dos fios e penetram removendo o pigmento interno da fibra capilar.

No entanto, nesse processo, a força da química resulta na remoção dos aminoácidos, lipídeos e de outros componentes presentes no fio.

Portanto, é comum que após o procedimento os cabelos fiquem com aspectos desidratados, ressecados, porosos, quebradiços e sem brilho, o que ocorre pela perda da hidratação e dos nutrientes.

Quanto mais escuro for o cabelo inicialmente, maior terá que ser a descoloração do fio. Em geral, os descolorantes têm diferentes volumagens, que consistem na concentração de produto que será diluído em determinada quantidade de água.

Quanto maior for a volumagem do produto, maior será a abertura das escamas da fibra capilar e, consequentemente, mais intenso o clareamento.



Quais os cuidados antes da descoloração?

Como visto, o processo de descoloração capilar é danoso aos fios por remover aminoácidos e nutrientes juntamente com a melanina, pigmento que dá cor ao fio.

Dessa forma, para minimizar os danos causados pela química é essencial que haja uma preparação antes e que os fios sejam avaliados para verificar se ele está em condições de receber esse tratamento.

Inicialmente, o especialista responsável deve fazer uma análise do fio verificando questões como químicas usadas anteriormente, elasticidade e resistência dos fios e também a porosidade.

Caso os cabelos estejam mais frágeis, é recomendado que se faça tratamentos antes de realizar o procedimento, garantindo maior resistência aos fios antes da aplicação das químicas.

Após a descoloração, a tendência é que os fios fiquem mais frágeis, o que pode demandar a realização de uma hidratação ou cauterização posterior ao procedimento.

O especialista também é o profissional mais capacitado a recomendar produtos específicos de acordo com as características dos fios, mantendo-os mais hidratados.

Um cuidado essencial antes de fazer a descoloração dos cabelos é avaliar quando foi realizado o último tratamento químico no cabelo.

Procedimentos muito próximos podem potencializar os danos e favorecer a quebra dos fios.

Como cuidar do cabelo descolorido?

A manutenção da cor após o procedimento de descoloração depende de cuidados específicos, como evitar a exposição solar excessiva, o cloro e sal. Além disso, a recomendação é usar xampus matizadores que evitam que o cabelo fique esverdeado ou amarelado, ajudando a manter a cor desejada.

Outro aspecto importante é a adoção de um cronograma capilar que contemple todas as necessidades do fio após o procedimento químico. Confira!



Nutrição

Com a tendência dos fios a ressecar após a descoloração, a nutrição deve ser um aspecto contemplado nos cuidados de quem tem o cabelo descolorido.

A indicação é usar produtos específicos para cabelos tingidos e fazer uma hidratação, ao menos, uma vez por semana.

Se for possível, a recomendação é fazer uma hidratação profissional ao menos uma vez por mês, o que vai garantir mais brilho e saúde aos fios.

Reparação profunda

Os fios descoloridos tendem a ficar danificados, exigindo cuidados relacionados à reparação profunda da fibra capilar.

A realização de uma cauterização pode ajudar nesse sentido, pois esse tratamento diminui a porosidade dos fios, o que aumenta a maciez e aspecto disciplinado dos cabelos.

Outros cuidados de reparação profunda para serem feitos em casa incluem o uso de máscaras e ampolas de hidratação.



Hidratação

A hidratação é outro ponto do cronograma capilar após a descoloração, sendo indicada a umectação com óleos vegetais.

Uma dica é passar o óleo de coco nos cabelos e deixar agir durante toda a noite e lavar normalmente no dia seguinte.

Uma opção é usar o produto em conjunto com a máscara de hidratação para potencializar os resultados obtidos.

Portanto, nada impede mudar seu cabelo escuro por meio da tintura e da descoloração, no entanto, é essencial fazer o tratamento com um cabeleireiro de confiança e adotando os cuidados prévios e posteriores adequados.

A realização incorreta ou uso de produtos inadequados podem causar problemas como a queda de cabelo ou mesmo queimaduras. Nesses casos, é essencial buscar auxílio profissional de um médico especialista em cabelos.





14/02/2024

Verão carioca 2024: descubra as atrações no Rio de Janeiro

 


Com natureza, sorvete e muito relaxamento, 
o calor no Rio é recheado de atividades para todos os gostos

O verão é a cara do Brasil, assim como o Rio de Janeiro. Com as altas temperaturas e a riqueza de atividades que acontecem pela Cidade Maravilhosa, é importante selecionar as melhores opções para não deixar a época mais feliz do ano passar em branco.

Indo além das praias mais famosas, veja a seguir algumas atrações para fazer com que o verão no Rio seja completamente inesquecível!

Blocos de rua




Tem coisa melhor que a combinação de verão, carnaval e Rio de Janeiro?

A Marquês de Sapucaí ferve com os tradicionais desfiles das escolas de samba, mas as ruas do Rio também ficam lotadas de foliões que aproveitam as centenas de blocos de rua que passam pela cidade.

De 10 a 14 de fevereiro e também nos finais de semana de pré e pós-carnaval, cariocas e turistas curtem muita música e agitação com o Bloco da Anitta, Fervo da Lud, Sargento Pimenta, Orquestra Voadora, Bloco da Favorita, Bangalafumenga e muito mais.

Veja a programação completa dos bloquinhos cariocas no site Blocos de Rua.

Passeios de barco



Passear de barco é uma ótima forma de conhecer o Rio por um ângulo diferente e ainda aproveitar ao máximo aquela brisa do mar para se livrar do calor.

Existem diversos roteiros diferentes, promovidos por várias empresas especializadas no ramo. Praia Vermelha, Copacabana, Barra da Tijuca, Pão de Açúcar e Centro Histórico são passeios que se concentram na área turística mais popular. Quem quiser ir um pouco mais longe pode optar por conhecer Niterói, Arquipélago das Cagarras, Ilhas Tijuca, Arraial do Cabo, etc.

Dependendo do fornecedor, é possível contratar passeios compartilhados, privativos, ao nascer ou pôr do sol e até mesmo roteiros noturnos. As embarcações variam entre veleiro, lancha e catamarã. 

Algumas das empresas mais conhecidas são a Sail in Rio, DDRio, Rio Boat Tour, Puro Lazer Tour, Trilha Náutica, Rio Mania de Mar e C2Rio Tours & Travel.

Sorveteria Granado Verão



A casa de cosméticos mais tradicional do Brasil, fundada no Rio de Janeiro em 1870, agora tem sua própria sorveteria com menu totalmente original.

A Sorveteria Granado Verão conta com oito tipos de sorvete e sorbet, todos assinados pela marca Sorvetiño. Além de serem feitos apenas com ingredientes naturais, sem conservantes, aromas artificiais e corantes, cada sabor é inspirado em uma fragrância Granado diferente.

Quem passa pela loja conceito temporária pode se deliciar com os sabores Bossa (leite de coco e maracujá), Baunilha (com noz moscada), Chá Preto e Bergamota, Limão Tahiti e Néroli, Figo, Rosa Damascena (geleia de morango e água de rosas), Époque Tropical (caju e cardamomo) e Couro (cacau 100% e geleia de frutas vermelhas).

Aberta até março, a sorveteria fica no segundo andar da unidade da Granado em Ipanema (R. Garcia D’Ávila, 108), funcionando das 9h às 20h (segunda a sábado) e das 12h às 18h (domingo).

Praias selvagens




As praias urbanas cariocas estampam cartões-postais e ficam cheias de turistas nas férias e nos finais de semana, mas as praias selvagens também valem a visita e mostram o Rio de uma maneira diferente.

Entre Grumari e a Barra de Guaratiba há quatro praias selvagens com nomes que já indicam o que se pode esperar: Perigoso, Meio, Funda e Inferno.

Chegar até essas praias só é possível por meio de trilhas ou embarcações. Por isso, este é um passeio mais indicado para quem não tem medo de aventuras e com bom condicionamento físico. Para garantir a segurança e comodidade de todos, recomenda-se a contratação de um guia experiente.

Apesar do caminho consideravelmente difícil, a recompensa chega na forma de praias praticamente intocadas, com muitas pedras, vegetação e mar azul. Tudo o que se ouve são as ondas quebrando na areia e outros sons da natureza. 

Como são locais isolados, comprar comida a bebida pode ser bem complicado. A solução é levar tudo na mochila.

Parque Nacional da Tijuca



Se a intenção é aproveitar a natureza, mas tirar um pouco o foco das praias, o Parque Nacional da Tijuca é o local certo para visitar durante o verão.

Os quatro mil hectares do parque guardam verdadeiros tesouros do Rio de Janeiro, como a Floresta da Tijuca, o Corcovado e a Vista Chinesa. Cachoeiras, lagos, rios, formações rochosas, trilhas e mirantes são abertos à visitação.

Cultura e história também fazem parte do parque: Circuito do Vale Histórico, Centro de Visitantes, Ruínas da Fazenda, Jardim dos Manacás e Capela Mayrink. 

O Parque Nacional da Tijuca também permite andar de skate, fazer corrida e caminhada, rapel, voo livre, ciclismo, escalada e observação de aves.

A fauna, inclusive, conta com 63 espécies de mamíferos, 226 tipos de aves e 39 de anfíbios e répteis. Já a flora tem mais de 1600 espécies de vegetais – destas, 433 estão em risco de extinção.

Day use




day use no Rio de Janeiro é a maneira mais indicada de descansar e relaxar de verdade nos dias mais quentes do verão carioca, sempre com muito conforto e alto padrão de serviços.

Sem que seja necessário fazer reservas ou passar a noite, hotéis com esse tipo de modalidade permite que suas áreas comuns sejam utilizadas por um dia inteiro. Para isso, basta comprar o pacote e agendar a data desejada.

O day use costuma incluir acesso a piscinas, saunas, academias e vestiários, serviço de praia e descontos exclusivos em refeições, tratamentos de spa, atendimento diferenciado, entre outros benefícios.

Como não exige hospedagem, o day use é o jeito ideal de sair da rotina e usufruir tudo o que um grande hotel tem a oferecer por um valor bem mais amigável.


18/10/2023

Nota 1000: veja as principais dicas para arrasar na redação do ENEM 2023

 


Conheça tudo para ir bem na redação do Enem 2023 e abra as portas para o futuro acadêmico dos seus sonhos!

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma das avaliações mais importantes do Brasil, sendo um ponto de virada para milhões de estudantes que almejam ingressar no ensino superior. 

Em 2023, o ENEM será diferente dos últimos anos, em que havia a opção da prova digital. Neste ano, todos os candidatos realizarão o processo presencial em dois domingos, dias 05 e 12 de novembro.

Como de costume, os candidatos serão avaliados em todas as áreas do conhecimento do ensino básico, isto é, Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e também Redação, uma das seções cruciais para um bom desempenho.

A redação do Enem não é apenas uma parte qualquer da prova, ela é a oportunidade para os estudantes demonstrarem suas habilidades de escrita, argumentação e pensamento  crítico.

Além disso, muitas universidades utilizam a nota da redação como critério de seleção em seus processos seletivos, tornando essa etapa ainda mais crucial para o futuro acadêmico dos candidatos.

Neste artigo, entenderemos as competências avaliadas e oferecemos dicas valiosas para ajudar você a alcançar a sonhada nota 1000.

Desvendando a redação do ENEM 2023

A redação do ENEM é avaliada com base em um conjunto de competências, sendo, portanto, crucial para os candidatos o conhecimento detalhado desses critérios. 

Compreender e aplicar adequadamente essas competências são o melhor caminho para elaborar um texto bem-sucedido e demonstrar a sua capacidade de atender às exigências essenciais da escrita acadêmica. 

Portanto, dominar essas competências é um passo fundamental para alcançar um desempenho destacado na redação do Enem. Conheça quais são elas em detalhes.

Competência 1 - Domínio da escrita formal

A primeira competência avalia a capacidade do candidato de utilizar corretamente a língua portuguesa. Isso inclui a aplicação adequada de gramática, ortografia, pontuação e coesão textual. 

Competência 2 - Entender a proposta da redação

A capacidade de entender e interpretar corretamente o tema da redação é vital. Os examinadores esperam ver uma compreensão profunda do assunto proposto, com uma análise clara e precisa do problema apresentado. 

Além disso, os candidatos devem evitar desvios do tema central, pois isso além de evidenciar a falta de conhecimento, irá prejudicar a nota final.

Competência 3 - Selecionar e organizar as informações

A terceira competência envolve a habilidade de selecionar informações relevantes e organizá-las coerentemente e estruturada. 

Os candidatos devem apresentar argumentos de forma lógica, utilizando evidências e exemplos apropriados para sustentar suas ideias. Uma estrutura clara e uma progressão de ideias são fundamentais para esta competência.

Competência 4 - Mostrar domínio dos recursos linguísticos

Esta competência avalia a habilidade do candidato de utilizar recursos linguísticos eficazmente. Isso inclui figuras de linguagem, citações, dados estatísticos, entre outros elementos que enriquecem a redação. 

Apresentar um bom conhecimento dos mecanismos linguísticos pode elevar a qualidade do texto, tornando-o mais persuasivo e convincente.

Competência 5 - Elaborar uma proposta de intervenção

A quinta competência exige que os candidatos proponham soluções concretas e viáveis para o problema apresentado na redação.

Essa parte do texto é fundamental, pois demonstra a capacidade do candidato de ir além da análise do problema e contribuir construtivamente para a sociedade. 

Uma proposta bem elaborada e coerente com a análise apresentada, é o principal elemento que distingue uma boa redação, podendo garantir um lugar entre as melhores redações. 

Dicas para arrasar na Redação do Enem

Após conhecer as competências avaliativas da redação do Enem 2023 e a importância de cada uma delas, há algumas dicas valiosas que podem fazer a diferença na hora de escrever e conquistar a almejada nota 1000. 

Estas orientações não apenas auxiliam a desenvolver suas habilidades de escrita, mas também a estruturar seus argumentos de forma eficaz, aprimorando assim a qualidade de seus textos e aumentando suas chances de sucesso nessa importante etapa do exame.


  • Leia regularmente: ler jornais, revistas, livros e outros tipos de texto para desenvolver seu repertório e compreensão de diferentes temas e estilos de escrita. 

  • Pratique com frequência: a prática constante da escrita é o melhor caminho para aprimorar suas habilidades.

  • Informe-se sobre as atualidades: esteja sempre informado sobre os acontecimentos atuais, tanto no Brasil quanto no mundo. A capacidade de contextualizar o tema da redação em um contexto mais amplo pode fazer toda a diferença.

  • Planeje seu texto: dedique um tempo para fazer um planejamento antes de começar a escrever. Organize suas ideias, escolha os argumentos mais fortes e pense em uma estrutura lógica para o seu texto.

  • Simplifique e seja sucinto: evite rodeios e vá direto ao ponto. Seja claro em sua argumentação e evite palavras ou frases desnecessárias que não contribuem para o desenvolvimento do seu texto.

  • Revise e corrija: reserve um tempo para revisar seu texto. Verifique a gramática, a pontuação e a coesão. Certifique-se de que suas ideias estão bem articuladas e se estão atendendo a todas as competências avaliadas na redação.



Em resumo, a conquista de uma excelente redação no Enem 2023 não é apenas a busca por uma nota alta, mas a chave que pode abrir as portas para uma educação superior de qualidade e, consequentemente, para uma carreira de sucesso. 

Com uma redação bem elaborada, as chances de garantir uma vaga em um curso de graduação altamente concorrido, como Medicina, Direito, Engenharia, Psicologia, entre outros, tornam-se consideravelmente maiores.

Portanto, lembre-se de que o investimento no aprimoramento de suas habilidades de redação não apenas aumentará suas chances de alcançar a nota 1000 no Enem, mas também poderá ser a chave para conquistar a vaga do seu sonhado curso de graduação.




Política de Privacidade Política de Cookies