Renda Extra

17/12/2020

Astigmatismo, você tem?

 

Astigmatismo é muito comum e de fácil tratamento. O poder de foco, em sua maior parte, acontece ao longo da superfície frontal, denominada córnea.

 A outra estrutura é o cristalino, localizado atrás da íris no interior dos olhos.

O astigmatismo é causado pela falta de simetria da córnea ou lente, por isso as pessoas sentem a sua visão distorcida ou borrada. Na maioria das vezes pode estar associado com problemas de miopia ou hipermetropia, assim como aumenta com a idade.

Causas

No olho existem duas partes que concentram as imagens, a córnea e o cristalino. Em um olho normal, cada um desses elementos tem uma curvatura lisa, como se fosse uma esfera.

A córnea ou o cristalino reflete a luz recebida e produz uma imagem focada na parte de trás do olho. Contudo, se a córnea ou lente não for curva, a luz não será refletida corretamente, a imagem não será focada e assim dará início ao astigmatismo.

O astigmatismo pode vir acompanhado de outros fatores:

Miopia: quando a córnea é curva demais ou o olho é mais longo. A luz localiza-se em frente a retina, proporcionando um resultado embaçado em objetos distantes.

Hipermetropia: quando a córnea tem pouca curvatura ou o olho é mais curto. Nesse caso os objetos mais próximos ficam embaçados, ao contrário da miopia.



Ter astigmatismo é algo muito comum, já que pode se desenvolver desde o nascimento ou com uma lesão nos olhos, doenças ou cirurgias também são fatores que podem desencadear o problema. 

A leitura com baixa luminosidade, assistir tv bem de perto ou estrabismo não agravam o quadro já existente. Mas existe uma causa muito comum que é coçar os olhos, essa prática ocorre demasiadamente com o clima seco e poeira no ar.

Sintomas do Astigmatismo
  • Dificuldade para ler letras menores;
  • Visão dupla;
  • Dificuldades para ver de longe ou de perto;
  • Olhos mais sensíveis com a luz.

Em crianças os sintomas podem ocasionar: olhos cansados, tensão, dores de cabeça, falta de foco das palavras.

É importante procurar um oftalmologista para verificar a existência do astigmatismo e seu grau. 

Dicas para escolher óculos de grau

1. Escolha uma ótica de sua preferência e analise os tipos lentes

  • Simples: indicada para quem tem apenas um tipo de problema de visão como miopia, hipermetropia ou astigmatismo.
  • Multifocal: ideal para quem tem mais de um tipo de problema na visão.

2. Funcionalidades e particularidades

  • Liporrepelente: para quem suja os óculos com frequência. Esse tipo evita que a sujeira fixe na lente.
  • Proteção UV: essa proteção é essencial devido a intensidade dos raios solares. Por isso é de grande importância comprar em uma ótica confiável.
  • Antirreflexo: essa lente impede que os raios solares produzam reflexos e evita incômodos na visão.
  • Antiabrasiva: evita riscos na lente. Ideais para crianças.

3. Armações para seu tipo de rosto: escolha algo que combine com o seu estilo com bom senso.


  • Redondo: veja uma armação que deixe a sua face mais fina. Evite óculos arredondados e dê preferência aos quadrados ou retangulares.
  • Oval: a maioria dos modelos se adaptam a esse tipo, de qualquer forma prefira algum que fique na altura das suas sobrancelhas.
  • Quadrado: ficam ótimos os óculos arredondados e ovais, mas não abuse das armações muito grandes.
  • Triangular: opte por armações arredondadas e grandes, assim dará a impressão de maxilar largo.


4. Conforto: o tamanho da armação é muito importante, pois influencia tanto no conforto quanto no problema a se corrigir. Busque algo ideal, que encaixe perfeitamente no seu rosto, que não fique caindo e nem fique apertado. Tenha paciência na escolha e na dúvida consulte um especialista no assunto. 


Seja consciente.
Evite aglomerações e #fique em casa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário