Renda Extra

15/09/2021

Catfish: descubra o que é e como evitar

 

A internet modificou para sempre a vida e a história da humanidade. Até mesmo o modo de conhecer o contatinho mudou, não é mesmo? Muitos relacionamentos nascem via aplicativos e não mais nos flertes de bailes. Infelizmente, isso também criou uma categoria de crimes e golpes aplicados através das telas onde fica mais complicado identificar o sujeito por trás da ação. Um dos golpes de internet muito comum é o Catfish. Aqui iremos explicar o que é e como evitá-lo.


O que é Catfish?


Catfish é um termo em inglês para pessoas que, fingindo ser quem não são, enganam e ameaçam outras pessoas. Quem não conhece alguém que trocava mensagens via internet com uma pessoa e no encontro virtual se depara com alguém fisicamente diferente?

Este golpe, na maioria das vezes, é iniciado com um envolvimento amoroso e resulta em golpe financeiro. E, embora não seja uma prática nova no mundo, cerca de 1 a cada 5 brasileiros, segundo o site Psafe já foram vítimas deste tipo de golpe.

Ao contrário do que se pensa, os crimes praticados na internet, como o catfish, são mais fáceis de solucionar do que os comuns. Isto porque a internet sempre deixa rastros e se você souber identificar antes de cair no golpe, fica mais fácil ainda fazer a denúncia.


Quais os golpes comuns de um catfish?


Se você está em um aplicativo de relacionamento, fique atento porque você nunca sabe, realmente, quem está por trás das mensagens trocadas. Por mais que o papo esteja bom e vocês tenham várias coisas em comum, siga essas dicas:

  • Não partilhe informações pessoais: estelionato e extorsão são os crimes preferidos no catfish;
  • Não marque o primeiro encontro na sua casa ou na casa do crush: roubo e violência física também são práticas comuns de catfish;
  • Não mande nudes: catfish pode arquivar suas fotos e vídeos para posterior divulgação.

O golpe está aí, você quer cair?


Além de se prevenir de possíveis golpes, seguindo as dicas acima, fique atento aos seguintes comportamentos do crush para se certificar que ele não é ou não um catfish:

  • O crush evita mensagens de voz;
  • O crush evita chamadas de vídeos.

Isto porque fica mais difícil o reconhecimento de voz e face. Se você nota um medo e rejeição quando convida a pessoa para uma videoconferência, desconfie porque ela pode estar tentando esconder algo ou se manter em anonimato, para facilitar sua ação de catfish.

É preciso, portanto, pensar racionalmente mesmo quando a emoção de ter um contatinho domina nossas conversas na internet. Todos estão sujeitos a serem vítimas de um catfish e por isso trouxemos essas dicas para que você evite ser mais uma vítima.

Outra forma de se prevenir do catfish é sempre investigar. Cheque informações no Google e nas redes sociais e, mesmo se você ainda estiver em dúvida, a melhor solução é pensar em um profissional qualificado para a investigação. Para isso você pode contar com o serviço de um detetive particular, como a detetive Daniele que pode, com segurança e recursos tecnológicos, te dizer se seu crush é fake!







Nenhum comentário:

Postar um comentário